Receitas para um café da manha Lowcarb

O café da manhã normalmente é uma refeição onde as pessoas normalmente não variam muito, vamos propor aqui no desafio, que você consuma a cada semana pelo menos 3 opções diferentes.
Uma dica valiosa, devemos evitar que em nosso café da manhã, tenhamos uma liberação muito rápida de insulina, hormônio que pega glicose e leva para dentro das nossas células, por este motivo, evite o consumo de carboidratos
de rápido índice glicêmico, neste momento, prefira alimentos ricos em proteína e gorduras boa, a fim de evitar esse pico de insulina assim que você acordar.

Para os apressadinhos um shake ou suco funcional cai muito bem.
Suco Funcional 
Bata a popa de 1 maracujá com folhas de agrião, gebgibre e gelo.

Suco Rico em Antioxidantes
Bata frutas vermelhas congeladas com água gelada e 1 colher de chá de óleo de
coco

Shake Proteico
Bater em um mixer ou liquidificador:
1 caneca de água ou leite Vegetal
1 scoop de proteína vegetal sabor chocolate ou whey protein isolada
1 colher de óleo de Coco Extra Virgem;
2 colheres de sopa cacau em pó;
canela à gosto
Se voce gosta de café, diminua um pouco da água ou leite vegetal e complete
com café

Panqueca de abóbora proteica
Ingredientes:
2 ovos (orgânicos de preferência)
1/2 xícara de purê de abóbora (basta cozinhar e amassar)
4 colheres de sopa de whey protein ou proteina vegetal sabor baunilha
opcional: canela
1 colher de chá de ferment em pó
Idéias de cobertura: Coco ralado, pasta de amêndoas/castanha/amendoim,
semente de abóbora, nozes tostadas, manteiga de coco
Modo de fazer:
Em um pote médio misture os ingredientes da panqueca, misturando bem até
incorporar.
Unte a frigideira e coloque metade da massa.
Deixe o fogo baixo e a frigideira tampada.
Vire quando estiver firme e deixe até dourar.
Em seguida faça a outra panqueca.

Pão Lowcarb
Ingredientes
1 xícara de farinha de amêndoas
3 ovos
3 colheres de sopa de água
3 colheres de sopa de creme de leite fresco
50 gr de parmesão ralado fino
1 colher de sopa de fermento químico em pó.
Modo de Preparo:
Bata tudo no liquidificador e asse em forma antiaderente do tamanho de bolo
inglês por 25 minutos a 200 graus.

Pão lowcarb fofinho
Ingredientes
1 ovo
1 colher de sopa cheia de azeite
1 colher de sopa de leite de coco (ou leite de castanhas ou creme de leite)
2 colheres de sopa de farinha de amêndoas (pode ser de qualquer castanhas)
1 pitada de sal
1 colher de chá de fermento
Modo de preparo
1. Bata o ovo com o azeite e leite de coco.
2. Depois, acrescente os outros ingredientes e continue misturando bem.
3. Divida em dois recipientes untados (pode ser na xícara mesmo).
4. Finalize com semente de girassol, parmesão ralado, ervas finas…
5. Asse no microondas por 1:30 minuto cada recipiente (dependendo da potência
do forno), ou no forno convencional a 180°c por mais ou menos 15 minutos.
6. Essa receita rende dois pães.
Depois de prontos, você pode cortar ao meio e levar novamente ao forno pra
ficarem crocantes, usar como torradas, para fazer bruschettas ou apenas
rechear de acordo com a sua preferência e finalizar no tostex.

RICOTA VEGETAL
Ingredientes
100g de Fibras de Amêndoas (sobra do leite vegetal)
Suco de ½ Limão
2 Colheres de Chá de Missô
1 Colher de Sopa de Azeite
Ervas a Gosto
Modo de Preparo:
Deixe 1 xícara de amêndoas sem casca de molho durante a noite (ou por no
mínimo 8 horas). De manhã, escorra a água do demolho e bata as amêndoas no
liquidificador com 3 copos de água filtrada. Coe a mistura com o coador de
voal sobre uma tigela grande. Este é o leite de amêndoas que pode ser
guardado na geladeira por cerca de 4 dias. O que sobrou dentro do saco é o
resíduo que vai virar ricota. Bata o resíduo e o resto dos ingredientes no
processador até obter uma pasta homogênea. Sirva fresco ou geladinho!

Ana Paula Martins

Nutricionista

Sou formada há mais de 15 anos em nutrição, nunca me conformei apenas com números e calorias, sempre acreditei que houvesse mais a respeito do alimento e como ele se comporta em nosso organismo, sempre achei que o indivíduo deveria ser olhado como um todo, foi então que decidi me especializar e busquei na nutrição funcional, o caminho para encontrar minhas respostas. Me especializei em nutrição clínica, fitoterapia e em nutrição esportiva, pelo Centro de Ensino Valéria Pascoal. Sempre acreditei que a busca pelo conhecimento, poderia mudar a vida dos meus pacientes. E assim até hoje, busco me atualizar sempre, pois a nutrição é uma ciência em movimento.